Analise: "Esquadrão Suicida"

Um dos filmes mais aguardados do ano finalmente foi lançado, e depois de cerca de duas horas de filme, chega a hora do nosso veredito. Esquadrão Suicida, veio com uma proposta realmente muito interessante, que era transformar alguns dos vilões mais insanos do universo da DC Comics em "heróis", porém, David Ayer que foi o escolhido para dirigir toda essa "insanidade", parece ter se perdido no meio da produção do filme. Comparado com o antecessor dos Suicidas, "Batman v Superman", Esquadrão Suicida não se saiu tão mal, mas como eu disse, comparado ao fiasco de Zack Snyder.                                    Na primeira meia hora de filme, já notamos uma pressa para a introdução dos personagens, e a direção e roteiro de David Ayer não ajuda, pois é tão confuso quanto todo o resto do filme, ele tinha um esquadrão inteiro para dar atenção só que focou em apenas dois personagens, que também são os mais interessantes do time, o pistoleiro (Will Smith), e a sempre psicótica Arlequina (Margot Robbie). Alerquina é a personagem mais divertida do time como já era esperado, que dividiu a maior parte em cena com o Pistoleiro, que sem dúvida é o principal e melhor personagem do filme, já os outros personagens dividiram poucos momentos em tela. Falando nos personagens, não vou negar que no começo não estava me agradando muito a vilã do filme Magia (Viola Davis), mas ela também me surpreendeu com uma figura aterrorizante e também merece destaque ao lado de Margot e Will.                                             Agora é hora de falar dos vilões dos vilões, o Coringa, que dessa vez foi vivido por Jared Leto, o que me leva à perguntar, como pode ter gente que chegou a dizer que ele seria melhor que Heath Legder, foi uma Coringa tão ruim que, acreditem se quiser, me fez sentir falta de Mark Hamill na pele do palhaço, e ao assistir o filme você percebe que o vilão foi tão insignificante na história, que não faria a menor diferença ele estar ou não no longa.                                                 A verdade é que você vai assistir Esquadrão Suicida, e vê que a Warner novamente desperdiça uma grande oportunidade de um grande filme, e sem dúvidas eles ainda não pegaram o jeito com o seu universo cinematográfico da DC.                                       Em breve teremos o lançamento de Mulher Maravilha, e depois de "Batman v Superman", e o mais novo fiasco, Esquadrão Suicida, é claro que vamos às telonas com um certo receio. O também tão aguardado filme da Liga da Justiça está logo aí, e espero de verdade que já acertem com a Mulher Maravilha, senão já podemos ficar com muito medo do que virá no futuro dos filmes da DC Comics.
Compartilhar Google Plus

Sobre Jeh GoPlay!

    Comentar com Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

No trecho destacad