Homens, Mulheres e Filhos - Analise

A internet na vida da sociedade é retrata de forma clara e jovial em um ótimo roteiro de Jason Reitman, e com atuações boas que chega a surpreender o grau de excelência em Adam Sandler em uma atuação dramática.


Sinopse: Adultos, adolescentes e crianças amam, sofrem, se relacionam e compartilham tudo, sempre conectados. A internet é onipresente e, nesta grande rede em que o mundo se transformou, as ideias de sociedade e interação social ganham um novo significado. Algumas situações como um casal que não tem intimidade; uma garota que quer ser uma anoréxica melhor; um adolescente que vive em num mundo de pornografia virtual, fazem o expectador repensar a relações humanas.


Homens,Mulheres e Filhos

Trabalhar com temas recentes onde envolva a juventude já virou um carma positivo na carreira de Jason Reitman, com boas produções o diretor/produtor ouviu bem os ensinamentos do pai e vem participando de ótimos filmes. Neste seu trabalho no qual ele produz e dirige vemos a vida de jovens e adultos relacionados ao seu cotidiano a internet, e como ela atrapalha e ajuda na vida das pessoas envolvidas (um tema que se assemelha muito com a nossa vida). O roteiro bem contextualizado de Reitman é notório quando a fantástica Emma Thompson começa a narrar o filme que se encaixa perfeitamente com a solidão dos personagens que são extravasadas em mensagens de texto pelo celular ou pelo computador e em pesquisas de vídeos pornográficos no que se encaixa na perfeita harmonia de um tema que vem acontecendo mundo a fora. O mais legal são os detalhes ricos e expressivos tanto na historia como na atuação dos atores, uma marca forte de Reitman com pequenas coisas ele aproveita e valoriza cada momento das cenas assim como ele já conseguiu fazer em filmes anteriores. O elenco é motivador e ajuda muito bem na condução de atores experientes e jovens que estão começando a ganhar o seu devido estrelato (a deriva da boa atuação do sucesso que o jovem Ansel Elgort vem conquistando em filmes jovens), o destaque fica por conta da atuação fantástica de Adam Sandler que atua super bem em um filme de drama, realmente espetacular a atuação do ator que tem o costume de fazer comédias, a queridinha do diretor Jennifer Garner também participa e faz um papel engraçado, mas ao mesmo tempo de uma pessoa muito chata e controladora. O filme não viverá apenas da história de um ou no máximo dois protagonistas, pois há muitas histórias diferentes que ao mesmo tempo são parecidas e se completam no final. Pois explorar a solidão tanto de jovens e adultos é algo trabalhoso mais o destaque à problemas emocionais e tanto quanto sentimentais são claramente notados, um longa que é merecido ser visto por Homens,Mulheres e Filhos (Jovens) no diz respeito a um tema do nosso cotidiano que com toda certeza irá nos enriquecer com cuidados e exageros ao uso ou não da internet, vale a pena todos assistirem o filme.

VALE A PENA SIM

NOTA 7

Compartilhar Google Plus

Sobre Gerson Santos

Gerson 23 anos, formado em desenvolvimento de Aplicativos, Adm. do Chamagamer desde 2010. Minha historia com os jogos começou com um Sega Saturno que guardo até hoje na memoria, de lá pra cá nunca mais parei de jogar e nunca irei parar. Para mim os jogos são mais do que uma diversão, pois a cada jogo sempre podemos aprender algo novo.
    Comentar com Blogger
    Comentar com Facebook

0 comentários:

No trecho destacad